quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Bolos X Crianças

Fiz uns cupcakes para o aniversário de um pequeno que estava completando 6 anos, a mãe dele veio falar comigo que ele adorava bolo.
Peraí... Criança? Bolo? Eu juro por Deus, eu nunca tinha visto criança nenhuma dizer, nem pai ou mãe de crianças dizerem que os filhos pequenos adoravam bolo.
Sempre que vou a aniversários infantis, eu fico observando as crianças e tudo que eles menos fazem é comer, elas brincam, gritam, caem, choram, se descabelam, brigam, e raramente comem alguma coisa, e quando comem é coisa de 1 pequena mordida em um micro cachorro quente, a mãe fica lá usando toda a sua potência pulmonar para chamar sua cria e entregar o saquinho de pipoca pra que a mesma abra coma duas pipocas, de um pequeno gole em algum refrigerante e saia correndo novamente. Na hora dos parabéns, não é diferente, quando os pais e demais ajudantes dependendo do caso conseguem parar aquelas belezocas suadas para ao menos cantar parabéns pro aniversariante, eles ficam ali contrariados e logos após as muitas palmas e um festival de ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊs eles saem correndo novamente. BOLO?? Que bolo?? É muito ruim hein, criança não liga pra bolo, quando muito enfia um brigadeirozinho na boca.

Tive a comprovação disso no último aniversário da minha sobrinha, ela quis fazer na escola, tudo bem, minha irmã agradeceu a Deus e pediu a tia e também dinda (EU) para fazer um bolo pra ela e o que a dinda fez? CUPCAKES ... ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ
O único bolo que a minha sobrinha come é o de chocolate, mas não é um bolo de chocolate puro e simples, tem que ser um bolo de chocolate com muito, mas muito brigadeiro. Tão tá, fiz cupcakes de chocolate com recheio de brigadeiro e por cima buttercream , que eu fiz questão de fazer coloridinho pra atrair as “crionças”... hehe
Então tá, pergunta se alguém deu atenção pros cupcakes que fiz com tanta dedicação, com tanto amor? ZERO!!! Isso mesmo, zero de atenção, as crianças nem ligaram, queriam era fazer bagunça, passar o tempo da aula, gritar, meu Deus, quanta bagunça, a professora ficou doida. Pra não dizer que eles não ligaram, na turminha dela, apenas dois ou três deram umas duas mordidinhas no cupcake.

Por isso me espantei quanto a mãe do meu pequeno cliente disse que ele A – DO – RA – VA bolo.
Conversamos, mostrei algumas opções e eis que ela decidiu:



Cupcake de baunilha com recheio de brigadeiro preto e cobertura de brigadeiro branco com confeitos coloridos




Esse é o mesmo cupcake, apenas sem os confeitos coloridos. 


A mãe desse anjinho comedor de bolos e cupcakes de apenas 6 anos me falou que ele adorou! \o/

2 comentários: